Comunidade Banco do Planeta

Britânico percorre rio Amazonas e chama atenção para os cuidados com a floresta

image1.jpg
Ed Stafford vive os perigos da vida selvagem em aventura que já dura 2 anos

Há quase dois anos e meio, Ed Stafford iniciou um dos maiores desafios de sua vida: percorrer a pé a trajetória do rio Amazonas da nascente à foz. Para realizar a aventura, computador em mãos e muita força de vontade para desvendar os mistérios da floresta.

A ideia do britânico é chamar a atenção da comunidade internacional para as riquezas da Amazônia e para as responsabilidades sociais e políticas que giram em torno dela. Se tudo der certo, o desafio encerra em uma semana, na costa paraense, quando Stafford já deve ter percorrido cerca de 9,5 mil quilômetros.

"Todo mundo me disse que era impossível, e isso me fez querer provar que eles estão errados", disse o ex-capitão do Exército britânico, que ajudou a missão da ONU no Afeganistão e aconselhou a BBC na produção de documentários sobre meio-ambiente.

Em seu blog oficial (Walking the Amazon), Ed Stafford conta como são os seus dias, suas maiores dificuldades e sobre o contato com a natureza. "Levantar todo dia e vestir roupas molhadas é difícil. O desafio, tanto mental quanto físico, é o mais cansativo” conta ele em um dos textos. “Sou muito humilde em relação a quanto tive de contar com outras pessoas e me beneficiei imensamente da generosidade das pessoas que encontrei no caminho", comenta.

image2.jpg
O convívio com a comunidade fez Ed conhecer novos parceiros de viagem

O contato com a natureza selvagem já possibilitou encontros com animais peçonhentos, répteis e outros que tanto amedrontam os seres humanos. Ed também relata sobre os problemas que surgem do contato com a comunidade local: “perto do rio Tocantins, quase fomos atropelados por um motoqueiro que dava a impressão de estar bêbado e conduzia sua moto no escuro e em alta velocidade”.

Apesar do ocorrido, o britânico fez amizades por onde passou. A partir desses encontros, conheceu o peruano Gadial Sanchez Rivera, que se tornou um grande parceiro de aventuras. "Comecei a caminhar com Ed no começo porque senti uma responsabilidade de tentar ajudar esse louco em uma área muito perigosa, com traficantes e tribos hostis", afirmou.

Depois da mata fechada, Sttaford e Gadial precisam caminhar pela estrada e chegar à Belém. Acompanhe a dupla através do blog e também pelo microblogging twitter, onde Ed conta diariamente sobre sua aventura.


Saiba mais sobre sustentabilidade no Portal EcoDesenvolvimento.org

Exibições: 124

Tags: Amazônas, Ed, Stafford, amazon, rio, the, walking

Comentar

Você precisa ser um membro de Comunidade Banco do Planeta para adicionar comentários!

Entrar em Comunidade Banco do Planeta

© 2014   Criado por Moderador da Comunidade.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço