Comunidade Banco do Planeta

Energia: Califórnia quer proibir televisores grandes

A revista Época desta semana divulgou que o Estado norte-americano da Califórnia está analisando limitar o tamanho das telas de televisores de plasma e de LCD para forçar a economia de energia elétrica.

Segundo a sua Comissão de Energia se as medidas entrarem em vigor, o consumo de energia local será reduzido em 49%.

E você concorda com uma medida desta? É melhor o Estado impor limites, ou deixar os consumidores livres para decidir?

Exibições: 9

Tags: consumo responsável, economia, energia

Comentar

Você precisa ser um membro de Comunidade Banco do Planeta para adicionar comentários!

Entrar em Comunidade Banco do Planeta

Comentário de Artur de Souza Maciel em 26 outubro 2009 às 10:48
A melhor coisa a se fazer em primeiro lugar é dar bons exemplos. Exigir que o povo seja levado a economizar (o que não é ruim) é importante para o meio ambiente, mas o exemplo deve vir de cima. Há muito exagero no consumismo de modo geral. Aproveito para dizer que admiro toda forma de criatividade, uma delas a utilização do sol e dos ventos para gerar energia limpa e barata. Gostaria até de conhecer quem aqui atua como síndico ou administrador de condomínios para adotar medidas de economia de energia e de água.
Comentário de Juliana Mendes em 21 outubro 2009 às 15:53
Pelo que tenho aprendido, o caminho não é o da repressão, e sim da consciência. Seria muito mais equilibrado se o governo fizesse alguma campanha eficiente de conscientização do consumo de energia, ao invés de proibir a utilização de um artigo que representa o avanço da tecnologia pelo bem-estar das pessoas. Até porque muitos televisores, por serem maiores, possuem sistemas cada vez melhores para diminuição do gasto de energia.
Comentário de Raniery Souza em 21 outubro 2009 às 14:09
Seria bom que o Estado pudesse intervir em assuntos que interessam à coletividade. Infelizmente, isso ainda parece longe de se concretizar. Em parte, porque o que é bom para mim, geralmente parece horrível para outra pessoa. Veja o caso da lei seca no Brasil. Uma grande parcela da população se sente ofendida e indignada com o controle sobre o consumo de álcool. Para mim, isso é muita idiotice, porque o álcool, como todos sabemos, é o responsável por inúmeras mortes, mas infelizmente é assim que funciona. Acho que administrar alguma coisa aqui no Brasil, assim como no mundo, é um tremendo pepino. Embora um pepino necessário.
Comentário de Felipe Arruda em 21 outubro 2009 às 13:29
Acredito que o Governo deve sim impor limites. Se depender da conscientização do povo, essa redução vai demoraaaaar.
Comentário de Carla Knappe Cavalcanti de Albuquerque em 21 outubro 2009 às 10:07
Concordo com esta atitude no inicio havará uma reação contraria mas depois que se verificar que estes limites serão beneficos tanto ao meio ambiente quanto para o bolso
Obs.estamedida deveria se estender para outros eletro eletronicos
Comentário de Prince João Carlos em 21 outubro 2009 às 9:36
Não concordo por que fere a 1ª emenda da Constituição Americana, e além do mais estamos falando da Califórnia que tem um amplo deserto que pode ser usado para produção de energia solar. Ao querer submeter a população a não comprar determinados produtos estará privando os californianos de escolher o que querem para si. Lembrando que um dos maiores consumidores deste tipo de aparelho é o próprio governo. Mas se falou na questão ambiental para esta ação, o que em minha opinião não seria eficaz tendo em vista como é o Estado da Califórnia durante a noite, quem nunca viu veja pelo satélite como é grande o consumo de energia elétrica e pelo satélite não da para ver quem tem tv de plasma grande ou pequena quem consome mais e quem consome menos.
É uma boa discussão somente se a população do Estado da Califórnia for ouvida e respeitada em seus direitos.
Comentário de Roberto Streb em 21 outubro 2009 às 7:58
Creio que é um pouco difícil controlar a evolução ou o uso da tecnologia para o conforto pela imposição. Talvez seria mais eficiente o governo intervir de forma a exigir limites de consumo vinculados ao uso de fontes alternativas de energia como: acima de "x" consumo a exigência de energia solar individual, por exemplo...
Comentário de ROBSON em 20 outubro 2009 às 16:47
acredito que tendo em vista o beneficio econômico e ambiental é sensato ao Estado impor limites ao consumo
Comentário de Gramo Charles em 20 outubro 2009 às 16:39
Com certeza deve ser controlado pelo governo. Dessa forma, criaria uma atmosfera de consciência coletiva, mesmo provocando pessoas contrárias e promovendo a discussão. Não acho necessário incluir outros eletro-eletrônicos. Apenas uma parcela de usuários já promoveria a discussão. Em contra-partida o Estado também teria que compromoter-se com sua parte.

© 2014   Criado por Moderador da Comunidade.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço